Tags: Legal | Europa |

A análise da Cerulli Associates sobre fundos de mercado monetário


Numa análise sobre as tendências mensais de produto na Europa, a Cerulli Associates conclui no seu último relatório de dezembro que a Comissão Europeia está a “combater” os fundos de mercado monetário, como parte de uma operação contra os chamados “bancos sombra”. 

“A Europa quer mais garantias, incluindo critérios mais rígidos de investimento”, diz Barbara Wall, diretora da Cerulli, que considera  algumas propostas razoáveis, mas outras “potencialmente destrutivas”.

Segundo o relatório, a imposição de uma reserva de capital de 3% nos fundos que utilizem um valor patrimonial líquido constante vai trazer 30 pontos base “intragáveis”, isto numa altura em que muitos investidores estão já a perder dinheiro nos fundos de mercados monetários.

Na opinião de Barbara Wall, “barreiras ou taxas adicionais podem ser a melhor forma de pôr fim ao enorme número de pedidos de resgates dos fundos”.

“Mesmo que os regulamentos não provoquem um “golpe fatal” na  indústria, uma baixa nas reservas irá conduzir muitos grupos para fora do mercado”, aponta Angelos Gousios, analista sénior da Cerulli.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos