6 Fundos com alterações no seu Morningstar Analyst Rating em Novembro


Foram seis os fundos que viram o seu Morningstar Analyst Rating mudar no mês de Novembro. Os seis fundos estão divididos por quatro gestoras, sendo dois fundos da Schroders e da BNY Mellon e os restantes pertencem à Pioneer Investments e BlackRock.

Mudanças na Schroders

Na Schroders houve mudanças em dois fundos, no que toca ao Morningstar Analyst Rating: o Schroder ISF Global Smaller Comp A Acc e ainda no Schroder ISF UK Equity A Acc.

O Schroder ISF Global Smaller Comp A Acc apresenta uma rendibilidade anualizada nos últimos cinco anos de 17% e investe em empresas globais de pequena capitalização, como por exemplo as norte-americanas Life Technologies., Ross Stores e Sealed Air Corporation. Houve um Downgrade durante o mês de novembro, passando agora para o nível “Bronze”.

O outro fundo da gestora, o Schroder ISF UK Equity A Acc, passou para “neutral” e investe em empresa com sede no Reino Unido. A GlaxoSmithKline, a BP e a Vodafone são as três maiores posições no fundo e nos último 5 anos conseguiu dar aos seus subscritores 17,68% anualizados.

BNY Mellon para “Neutral”

Os dois fundos da BNY Mellon que mudaram o seu rating, passaram para “neutral”, foram os BNY Mellon Asian Equity A USD e ainda o Newton Oriental GBP. O primeiro investe na zona asiática excepto no Japão e teve nos últimos cinco anos um rendibilidade de 12,78% e tem como maiores posições a Indiana Apollo Hospitals Enterprise, a Taiwan Semiconductor Manufacturing e ainda a BHP Biliton.

Já o Newton Oriental GBP apresenta uma rendibilidade nos últimos cinco anos de 14,14% e tem como principais posições a Nobel Group de Singapura, a inglesa BHP Biliton e ainda a Standard Chartered.

Pioneer Upgrade, BlackRock downgrade

Nos restantes dois fundos há um sentimento misto. O fundo Fds Core European Eq E EUR ND da Pioneer Investments sofre um upgrade por parte da Morningstar, passando para “Bronze”. Nos últimos cinco anos o fundo cresceu  a um ritmo de 11,37% ao ano e tem como principais posições empresas como a Novartis, a BP e a Sanofi.

Já o fundo da BlackRock Global SmallCap A2, apresenta um rendibilidade em 2013 de 27,11% tendo passando par “Bronze” no mês passado. Empresas como a Africa Oil, a Vestas Wind System e a Insys Therapeutics dominam os três primeiros lugares da carteira.

'Soft close' no FF Iberia

Em relação aos movimentos que vão ocorrer no futuro na Indústria, a Fidelity Worldwide Investment planeia fechar a entrada a novas investidores no fundo FF Iberia, produto com classificação cinco estrelas por parte da Morningstar, de acordo com Sebatian Velasco, em entrevista à Funds People. O "soft close" irá entrar em vigor no dia 20 de janeiro e vai ocorrer após os fortes ganhos deste produto gerido por Firmino Morgado, com as entradas no fundo a situaram o seu património acima dos 200 milhões de euros.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos